Translate

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Homenagem - Carta




A Elisete que eu tive a honra e a felicidade de conhecer era uma mulher linda, muito querida, impulsiva às vezes, dotada de uma aplicação e perseverança em tudo o que fazia. Sempre perguntava a ela de onde tirava tanta disposição para fazer de tudo ao mesmo tempo. Se dependesse dela, dormiríamos no máximo três ou quatro horas diariamente e logo voltaríamos aos afazeres. Às vezes até desconfiava se ela tinha mesmo dormido, pois sempre me vinha com várias ideias novas.





Dedicava-se aos seus amigos, felizardos escolhidos. Fazia o que pudesse por eles. Diante  das dificuldades, sempre achava um jeito de fazer além do que podia. Sua felicidade estava em ver os outros felizes, nunca admitindo um ‘não’ como resposta, sequer aceitava retribuição, e ai daquele que insistisse no assunto, tudo que ela queria era que lhe devolvessem com um pouco de atenção e carinho. Claro que essa humildade intrínseca, fez dela vítima de desconsideração, ingratidão e abandono em alguns momentos da sua vida, mas isso não a fez desanimar ou desviar-se de um propósito maior. Como ela bem dizia, ‘desistir’ é uma palavra que inexiste em meu vocabulário!





 

Acredito que aqueles que a conheceram, lembram logo da sua elegância, de uma mulher linda, fina, sempre se destacando em qualquer ambiente. Possuía um sorriso próprio, encantador, voz suave, em perfeita harmonia com o outro lado da sua personalidade agitada. Sabia dosar a sua elegância com o seu lado agitado.
 
 

 

 

 
 Me adjetivava como seu  ‘Companheiro de Batalha’, e acredito que posso compartilhar isso com ela, pois éramos os dois de fato, cúmplices em tudo, mesmo que a luta fosse inglória. Pessoa íntegra e que sempre visava preservar os bons costumes, honrar com seus compromissos. Assim, fizemos onze blogs juntos. Em cada um tem muito conteúdo que ela capinou e plantou como que fossem sementes para germinar no futuro. Não me é possível manter a todos, mas os estarei relacionando logo abaixo. Acredito que agindo assim, estarei plantando o seu nome na eternidade, perpetuando-o na história desse nosso mundo, o que a meu ver, é mais do que merecido.
 
 
 

Algo comum a todos nós é que, uma vez ou outra em nossas vidas, nas tentativas de acertar, acabemos por cometer pequenos equívocos, quem não é assim? Também é impossível agradar a todos, como bem sabemos. Então hoje, vejo-me obrigado a me conformar com a sua ausência, brigando comigo mesmo se preciso for, não me admitindo pensar nas coisas ruins do passado, que nada mais foram do que consequências de momentos ruins. Não me admito julgar aos outros se eu mesmo cometi os meus erros. Assim, procuro lembrar da pessoa boa que ela foi, das tantas vezes que me ajudou em momentos ruins. Sem dúvida uma pessoa querida, muito querida!



Nem sei como é viver sem ela, é algo que terei de reaprender, sei lá. Pelo menos os últimos cinco anos foram de convivência quase que diária e o meu mundo está como que vazio sem ela por perto. Hoje está muito difícil aceitar o fato dela não estar mais aqui, fisicamente falando. Não vai mais ligar a qualquer momento como fazia. Também não entrará no MSN. Tenho buscado conforto. Tento aceitar que o seu tempo nesse plano se esgotou. Foi o tempo para que cumprisse sua missão, e em sendo assim, teve de ir para um outro superior. Tento entender que os nossos planos, nossos sonhos para o futuro, só foram adiados para um momento um pouco mais à frente. Imagino o nosso reencontro como sendo um momento lindo e repleto de uma felicidade plena, muito além do que já pudemos imaginar. O reencontro de duas pessoas que tinham tanto em comum, almas gêmeas que se amavam, deve ser das situações mais emocionantes que pode existir. Então até lá, querida!!! 




Agora falando com você diretamente, minha querida Elisete, gostaria que pensasse que está aí o ‘X” da nossa questão, ou seja, que precisamos passar por isso para que valorizemos um ao outro para assim, termos a oportunidade de recebermos algo ainda maior, um presente divino.

 
 

 

As escrituras sagradas nos passam o conceito de que é preciso passar pelo sofrimento para só depois ter o direito a um futuro maravilhoso, reservado a cada um, de conquistas e de alegrias.  Há vários relatos disso, mas cito apenas alguns para não prolongar por demais esse tema: José do Egito sofreu devido a inveja dos seus irmãos. O venderam  como escravo. Foi preso por traição ao Faraó. Era preciso enfrentar uma miséria extremada no cárcere para aprender o valor das coisas, para posteriormente vir a se tornar o braço direito do Faraó e um dos homens mais importantes do Egito. Tamanha foi a sua grandeza que mesmo depois de tudo que sofreu, ainda encontrou meios em seu coração para perdoar aos seus irmãos.

    

Daniel,  um dos principais homens junto ao Rei Dario, da Pérsia, foi traído e jogado na cova dos leões. Na manhã seguinte o Rei desesperado foi até lá verificar e vendo que os leões nada tinham feito contra ele o retirou dalí. Só então, Daniel prosperou por vários reinados. Outro desses grandes exemplos foi o do Rei Davi que foi perseguido por seu imão Saul por cerca de 20 anos e posteriormente tornando-se o maior Rei de Israel.  O próprio filho de Deus, Jesus Cristo, foi traído, humilhado e cruficado, para somente após ter passado por isto tornar-se o Rei dos Reis, lembrado e adorado por todos os séculos e por todos os povos do mundo. Então, deduzo que é preciso primeiro passarmos por tribulações, pela dor, pela perda, para que valorizemos o presente que receberemos futuramente.


 
Apesar de ser uma contestadora implacável perante às mazelas do nosso país, não encontrou o devido reconhecimento aqui. Mas sabemos que isto é próprio e comum a este plano tão inferior. Isto é dado facilmente a outros que na maioria dos casos, nem teriam mérito algum. Valoração inconsequente ao que ou a quem é, muitas das vezes, imoral, que serve a propósitos escusos. Mas Elisete sabe que tem aqui, em mim, alguém que se encarregará disso, por tudo de bom que você significou em minha vida, mudando a minha personalidade inclusive, me fazendo uma pessoa melhor. Juntamente comigo,  carregou o estigma de alguns movimentos. Batalhamos diariamente pelo nosso país, por justiça social, por melhorias e bem-estar para os menos favorecidos, num trabalho bastante inglório de conscientização das massas. Por bem menos ou por quase nada, outros foram tidos como heróis, mas é bastante óbvio que as nossas causas não agradaram e não fizeram bem a alguns, daí o empenho destes para que não fossemos vistos, não causassemos repercussão. Quantos cidadãos brasileiros, estes sim, verdadeiros heróis, não foram/são tratados da mesma forma, não é mesmo? Faz parte de pátrias de brincadeirinha, como você afirmava! 


  
 De tudo, só sinto que erramos em um ponto chave para nós dois, para com nossas próprias vidas, para com nossos sonhos, deveríamos sim ter nos aplicado um pouco mais para conosco mesmo.
Mas quem pode advinhar o futuro?

Quem poderia prever que essa separação,
mesmo que momentânea, ocorreria assim,
tão inesperadamente enquanto planejávamos
tantas coisas para nós? 







Oro a todo momento por você, pois a vida nos pregou uma peça e tanto, não é mesmo? Por isso, peço para que procure sentir-se bem, está bem mais perto de Deus. Quero também que sinta-se amparada, sendo orientada por espíritos superiores, envolta por uma felicidade divina neste lugar lindo e maravilhoso. Um pedido a mais:  eu estou tentando entender o que aconteceu, o porquê desta separação mesmo que momentânea, não definitiva. Sonho que em breve, um novo dia vai amanhecer, onde tudo será lindo. Nesse dia, seremos recompensados e nossas almas saudosas se reencontrarão para vivermos juntos uma felicidade da qual não imaginamos. 


            
Assim, te peço,

que sinta-se feliz e em paz.

 É preciso que entendamos o momento igualmente.

Precisamos entender que tudo é como um

‘até breve!”

Sei como não deve estar fácil aceitar,

porque por aqui também não está.

Mas se tudo é como deve ser,

'devemos acreditar', e 'esperar

pacientemente',


                    por um futuro muito melhor, 

                                   que acontecerá se quisermos!!!










*Todos os dias, do nada, sinto um cheiro de um perfume maravilhoso próximo a mim.
Penso logo que é você. que está aqui me fazendo uma visitinha,
diminuindo a saudade. 
Querida, venha sempre que quiser e esteja certa de que 
estarei aqui te esperando e que nada no mundo
pode me proporcionar maior felicidade!

Saudades Querida!

Fica bem!

Fica em paz! 

Fica com Deus!
 ------------------------------------
 
Um presente da amiga Susie Sun


------------------------------------





Links para Nossos Blogs:
Dossiê da Corrupção - não público - "não público" - em confecção

2 comentários:

  1. Elisete, grande amiga de alma, um ser humano maravilhoso, Marcos,alguém do calibre dela aqui neste momento evolutivo é bem difícil, além da cultura, entendimento e educação de alma, Elisete tem uma luz muito especial e realmente lamento por todos nós ela não poder estar em nosso meio mais, pois lutava por uma sociedade melhor, era alguém que não pensava somente em si mesma e por isso fazia toda diferença.

    Meu desejo no momento é que a luz estelar teça seu brilhante caminho do reencontro consciente a todos nós que estamos tão profundamente conectados. Grande abraço.

    Deixo o link de um vídeo com uma mensagem ao amor de minha vida que também fez a passagem, mas também é uma mensagem a todos os amantes das estrelas...

    http://youtu.be/jOO-cHl3AhU

    ResponderExcluir
  2. Enviado pela amiga Susie Sun - 08/02;2014.

    "Um poema dedicado ao meu amor, Bruce e a todos os amantes das estrelas'.

    "Amor das Estrelas"


    Os raios do luar
    acariciam meu corpo nu
    sinto tuas mãos
    no abraço do silêncio

    A brisa morna chega
    como seu hálito quente
    sussurrando verdades
    e velhas canções

    Somente você pode
    minha alma ouvir...

    Nas estrelas deposito
    meu saudoso olhar
    assim, onde você estiver
    com teu perdido olhar
    fitando o céu noturno
    buscando por teu amor
    e finalmente
    minha estrela encontrar
    sentirá o meu beijo
    que transcende tempo
    espaço e dimensões

    Num caminho
    que não começa
    nem termina
    somos irmanados
    sonhamos estar separados
    brincamos de estranhos
    vestimos personagens
    mas desta louca intimidade
    não conseguimos nos esconder

    Somente você pode...
    Ouvir as canções de minha alma

    Somente eu posso...
    Tua alma compreender.

    Mais informações sobre Susie Sun:

    http://www.flickr.com/people/susiesun11/

    ResponderExcluir